1ª FASE_ 1st Stage

O QUE VAI MUDAR NA 1ª FASE
Plataforma de estacionamento de aeronaves e novos caminhos de circulação de aeronaves (taxiways).
– Criação de 1 posição de estacionamento para aeronaves Código E (wide-body tipo Boeing 747), com possibilidade de desdobramento para 2 aeronaves Código C (narrow-body tipo Airbus A319);
– Criação de 6 posições de estacionamento para aeronaves Código C, com possibilidade para parqueamento de 3 aeronaves Código E;
– Criação a sul da plataforma de 3 novas posições de estacionamento para aeronaves Código D (wide-body Boeing 757-300);
– Reformulação dos actuais stands 26 e 30, para permitir o parqueamento de aeronaves Código E, com possibilidade de desdobramento para 6 aeronaves de Código C:
– Duas saídas rápidas de pista (RET’s) com ligação ao taxiway paralelo;
– Construção de uma plataforma de manutenção de apoio ao hangar com capacidade de parqueamento para uma aeronave Código C;
– Construção de um taxiway para acesso à plataforma do hangar  de manutenção e posição de espera (holding position).

Construção de infraestruturas para implementação do ILS (Instrument Landing System) na Pista 10, dotando-a de condições para aterragem com recurso a instrumentos e alargamento da faixa de segurança da pista para sul até aos 150m. Esta intervenção prevê:

– Ampliação da faixa de segurança (STRIP) a sul da Pista 10/28;
– Criação de área para implementação do espelho reflector do Glide;
– Ampliação da área de segurança do fim da Pista 28 (RESA).

WHAT WILL CHANGE IN THE 1st STAGE
The apron will be expanded and new taxiways will be created. This intervention includes:

– Creation of one stand for Code E aircrafts (wide-body like Boeing 747), able to adjust to 2 Code C aircrafts (narrow-body like Airbus A319);
– Creation of 6 stands for Code C aircrafts, able to adjust to 3 E aircrafts;
– Creation, on the south side of the platform, of 3 new stands for Code D aircrafts (wide-body Boeing 757-300);
– Renewal of stands 26 to 30, to allow for the parking of Code E aircrafts, able to park 6 Code C aircrafts;
– Tow rapid exit taxiways (RET) with connections to the parallel taxiway;
– Construction of a maintenance stand for Code C aircrafts serving a future hangar;
– Construction of a taxiway to access the maintenance stand/hangar and holding position.

Construction of infrastructure to implement the Instrument Landing System (ILS) Runway 10. This intervention includes:

-Expansion of the security range (STRIP) south of Runway 10/28;
– Creation of an area to implant the Glide reflector mirror;
– Expansion of the security area at the end of Runway 28 (RESA).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s